banner
publicidade
publicidade

Saeb recebe primeiros aprovados do programa Primeiro Emprego

Saeb recebe primeiros aprovados do programa Primeiro Emprego
A Secretaria da Administração do Estado (Saeb) já começou a receber os jovens egressos do Primeiro Emprego, programa do Governo da Bahia que vai beneficiar nove mil estudantes oriundos da Rede Estadual de Educação Profissional. Na Saeb, os candidatos atuam no Planserv e em unidades da Rede SAC, no interior e na capital.
Entre eles, Rodrigo Ferreira, 19 anos, optou por fazer um curso profissionalizante e conseguiu o trabalho logo após terminar o ensino médio. Já Thaísa Viana, 19, acredita que o ingresso no mercado de trabalho vai possibilitar a entrada em uma faculdade. Enquanto Humberto Vieira, 19, usará a renda do novo emprego para ajudar a pagar a universidade de administração que está cursando.
Assim como os três jovens que ingressaram na Saeb, 4,5 mil oriundos da Rede Educação Profissional vão trabalhar, até o fim do ano, em secretarias e outros órgãos do Estado por meio do programa. Em 2018, outros 4,5 mil estudantes que concluíram o ensino profissional vão ter a oportunidade de conquistar o primeiro trabalho formal.
Atuando no Posto SAC de Eunápolis, no sul da Bahia, Humberto Vieira destaca a importância do Primeiro Emprego na vida profissional. “O programa vai me proporcionar um crescimento profissional, além do salário me ajudar a pagar a faculdade”, destaca o estudante. Rodrigo, que concluiu o curso de eletrotécnica na Rede Estadual de Educação Profissional, começou a trabalhar no setor de manutenção do SAC. Ele pretende fazer um curso superior de engenharia elétrica.
Setor privado 
Além do setor público, mais de 80 empresas privadas já manifestaram interesse em participar do programa. O vice-presidente da Bridgestone, Damian Seltzer, destaca que a oportunidade pode se tornar uma carreira. “Para nós, ter o primeiro emprego é um começo do que pode ser uma carreira de longo prazo. Esta é a nossa mentalidade. Assim como começamos com este programa, nossa esperança é que muitos desses jovens possam continuar trabalhando na Bridgestone por muito tempo”.
Direitos garantidos
Ao conquistar a vaga, intermediada pela Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), os egressos têm carteira de trabalho assinada e todos os direitos garantidos. O contrato tem duração de 24 meses no Estado, já as empresas particulares têm a prerrogativa de definir se haverá a continuidade do contrato. A remuneração nas instituições privadas é a partir de um salário mínimo, já nos órgãos estaduais, o contemplado recebe salário mínimo, plano de saúde (Planserv) e vale transporte. Quando convocados, os candidatos precisam apresentar carteira de trabalho, carteira de identidade e CPF, estar em dia com a justiça eleitoral e, no caso dos homens, com o alistamento militar.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21