banner
publicidade
publicidade

São Romarinho! Jovem brilha e Timão arranca empate

Foto: Reprodução de TV

Corinthians e Boca Juniors fizeram a primeira partida da final da Libertadores da América, na noite desta quinta-feira, no estádio La Bombonera, em Buenos Aires, na Argentina. O jogo terminou empatado em 1 a 1, com gols de Roncaglia, para os argentinos, e Romarinho, para os brasileiros.

Em primeiro tempo equilibrado, Corinthians é mais perigoso

O jogo mais importante da história do Corinthians. Com essa afirmação, pode-se entender o tamanho dessa partida contra o Boca Juniors para o alvinegro paulista. Sem fugir à responsabilidade, o Timão começou com coragem no lendário estádio La Bombonera. Logo aos oito minutos, Paulinho arrancou e deu um belo chute a gol. A curva ia fazer com que a bola entrasse no canto, mas Orión evitou que o placar fosse aberto ao realizar uma bela defesa.

O Boca tentava se impor com toque de bola, mas não encontrava espaços na defesa brasileira. Por outro lado, o Corinthians quase marcou aos 17, quando em uma bela triangulação entre Émerson, Paulinho e Danilo, o meia acabou pisando na bola de frente para o goleiro, proporcionando o corte da defesa argentina. O primeiro lance de perigo dos donos da casa aconteceu apenas aos 34, quando, após cruzamento de Mouche, Santiago Silva acertou uma bela meia-bicicleta, mas Alessandro salvou o time paulista.

A jogada serviu para acordar a torcida, mas quem levou mais perigo foi o Corinthians novamente. Aos 43, Chicão cobrou uma falta na entrada da área, mas a bola subiu demais e foi pela linha de fundo. Sem novas emoções, o primeiro tempo terminou mesmo sem gols.

Boca volta pressionando, mas Corinthians arranca empate

Diferente da primeira etapa, o Boca Juniors voltou do intervalo fazendo marcação sob pressão e deu resultado. Logos aos 4 minutos, Riquelme quase abriu o placar, mas a bola saiu por cima, levando muito perigo ao gol de Cássio. Os argentinos continuaram marcando forte, obrigando o Corinthians a apelar para chutões. Aos 15, os donos da casa voltaram a assustar com Mouche, que recebeu de Riquelme, mas chutou em cima do goleiro brasileiro.

Quando parecia que a pressão tinha se encerrado, eis que o Boca Juniors abre o placar. Aos 27 minutos, em cabeçada de Santiago Silva, Chicão salvou em cima da linha com a mão, a bola bateu na trave e, no rebote, Roncaglia finalizou para o gol vazio.

O gol não fez o Boca Juniors recuar, pelo contrário. Os argentinos continuaram sufocando o Corinthians, que pareceu sentir o golpe. Com total domínio do jogo, os xeneizes tocavam a bola sem maiores problemas. De repente, aos 40 minutos, em uma jogada rápida, o Corinthians empatou a partida. Paulinho tocou para Émerson, que fez bela jogada e rolou para Romarinho, que acabara de entrar, tocar por cima do de Orión. Festa brasileira na Bombonera.

Aos 45, um susto para o Corinthians. Em cruzamento da direita, Cvitanich cabeceou na trave de Cássio e quase colocou o Boca em vantagem novamente, mas o resultado terminou mesmo com o placar de 1 a 1.

Veja os gols:

FICHA TÉCNICA:

Boca Juniors 1 x 1 Corinthians

Estádio: La Bombonera, em Buenos Aires (ARG)
Data/hora: 27/06/2012 – 21h50 (de Brasília)

Árbitro: Enrique Ósses (CHI)
Auxiliares: Francisco Mondria e Carlos Astroza (CHI)

Cartões amarelos: Roncaglia e Riquelme (BJR); Chicão (COR)

Gols: Roncaglia, aos 27’/2ºT (BJR); Romarinho, aos 40’/2ºT (COR)

Boca Juniors: Orión, Roncaglia, Schiavi, Caruzzo e Clemente Rodríguez; Ledesma (Rivero), Somoza, Erviti e Riquelme; Mouche (Cvitanich) e Santiago Silva (Viatri). Técnico: Julio Falcioni.

Corinthians: Cássio, Alessandro, Chicão, Leandro Castán e Fábio Santos; Ralf, Paulinho, Danilo (Romarinho) e Alex (Wallace); Jorge Henrique (Liedson) e Emerson. Técnico: Tite.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21