banner
publicidade
publicidade

SCHIN VAI INVESTIR MILHÕES NO CARNAVAL PARA RETOMAR MERCADO TOMADO PELA ITAIPAVA

A cerveja Schin, do grupo Brasil Kirin, comprou a cota principal de patrocínio do carnaval de Salvador, no montante de R$ 25 milhões como uma ofensiva para tentar reverter a perda de mercado no Nordeste e na Bahia.

A Brasil Kirin, dona da marca Schin,  perdeu espaço  no mercado nordestino e baiano para a cerveja Itaipava do grupo Petropólis que hoje detém 13,2% do mercado cervejas no Brasil, enquanto a Brasil Kirin tem apenas 8,3% do mercado, ficando a Ambev com 68,4% e a Heineken com 9,4%.

Desde que implantou a primeira fábrica no Nordeste há um ano e meio, em Alagoinhas, com capacidade para produzir 600 milhões de litros por ano, e em 2015 inaugurou a fábrica em Itapissuma (PE),  o grupo Petrópolis dobrou a participação de mercado na região, ganhando espaço da Brasil Kirin, que produz a cerveja Schin.

Na Bahia, a participação do grupo Petrópolis no mercado se ampliou desde a inauguração da fábrica e em 2015 e situou-se em 14%, sendo que a maior parte do mercado foi tomado da  Schin. É exatamente para tentar reverter ou pelo menos conter essa perda que a Brasil Kirin resolveu investir maciçamente no carnaval de Salvador.
Em 2014 e 2015, a Schin dividia o patrocínio do evento com a Itaipava – cada uma comprava cotas de patrocínio nos dois principais circuitos, mas a Schin preferiu este ano a cota exclusiva de acordo com a campanha de reposicionamento da marca no mercado.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21