banner
publicidade
publicidade

Secretário da Saúde visita Hospital Regional de Teixeira de Freitas

Com o objetivo de ampliar os serviços de média e alta complexidade no Extremo Sul baiano, o secretário da Saúde do Estado, Fábio Vilas-Boas, acompanhado da vice-presidente da Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), Jeanne Michel, visitou o Hospital Regional de Teixeira de Freitas nesta segunda-feira (24) para avaliar a resolutividade da unidade e propor uma estratégia que fortaleça seu papel na região, com a melhoria da gestão e fluxo financeiro adequado à sua realidade.

De acordo com o prefeito de Teixeira de Freitas, João Bosco, e o secretário de Saúde do município, Eujácio Dantas, o hospital tem potencial de faturamento na casa de R$ 5 milhões por mês,mas atualmente processa apenas R$ 2,2 milhões, obrigando a prefeitura a aportar recursos do tesouro para manter a unidade em funcionando.

 

Segundo o prefeito João Bosco, no ano de 2014, o município gastou R$ 39 milhões no setor, mais que o dobro relativo aos 15%. Ele acrescentou que os valores investidos acima do índice constitucional, poderiam ter sido investidos em outros serviços, como infraestrutura e educação, , no entanto, o prefeito destacou a importância da saúde, “a saúde precisa ser priorizada para salvar vidas de toda região”, disse.

 

 

Já o secretário de saúde de Teixeira de Freitas, Eujácio Dantas, explicou que o plano deve resolver de vez a questão financeira para os atendimentos, mas chama a atenção da responsabilidade dos municípios vizinhos em colaborar com a atual situação do hospital por meio do consórcio. “O Estado tem uma responsabilidade que é limitada, a ajuda financeira precisa ser conjunta, inclusive, estamos estudando a transferência do Programa de Pactuação Integrada dos serviços em Salvador para Teixeira de Freitas”, disse Eujácio.

 

Para alterar esta realidade, Fábio Vilas-Boas propôs uma solução que envolve o credenciamento de serviços e procedimentos, com o estabelecimento de metas e pagamento por produtividade, além de o aperfeiçoamento de processos administrativos,sobretudo, o de faturamento, bem como a reavaliação da Programação Pactuada Integrada (PPI).

“Buscamos descentralizar a assistência no estado e para isso é preciso estruturar a rede. Aqui temos o interesse de ampliar serviços de hemodinâmica, neurocirurgia, além de cirurgia cardíaca e ortopédica”, destaca o secretário Fábio Vilas-Boas, que ressalta ainda a necessidade de que, todas as unidades públicas de saúde estaduais e municipais devem primar pelo profissionalismo e ter ganhos de eficiência.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21