banner
publicidade
publicidade

STF ESTABELECE PENA DE DEPUTADO


Nesta segunda-feira (26), os ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) estabeleceram pena de 7 anos e 10 meses de prisão ao deputado federal Valdemar Costa Neto (PR-SP), além de multa de mais de R$ 1 milhão pelos crimes de corrupção passiva, lavagem de dinheiro e formação de quadrilha, aos quais foi condenado no julgamento do chamado mensalão.

Além do deputado, os ministros definiram as penas de ex-parlamentares. O ex-deputado do extinto PL Bispo Rodrigues foi condenado a 6 anos e 3 meses de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Pelos mesmos crimes, José Borba, ex-deputado do PMDB, foi condenado a 2 anos e 6 meses de prisão. Já Romeu Queiroz, ex-deputado do PTB, foi condenado pelos mesmos crimes a 6 anos e 6 meses.

O ex-deputado pelo PP Pedro Corrêa (PE), por sua vez, foi condenado por formação de quadrilha, corrupção passiva e lavagem de dinheiro. Ele teve pena fixada em 9 anos e 5 meses e recebeu ainda multa de R$ 1,132 milhão. Neste caso, como a pena supera oito anos, deverá ser cumprida em regime fechado.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21