banner
publicidade
publicidade

STF VOLTA A DECRETAR SIGILO EM INQUÉRITO CONTRA RENAN

STF VOLTA A DECRETAR SIGILO EM INQUÉRITO CONTRA RENAN

Um dia após tirar o sigilo de um dos inquéritos que investiga o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), o STF (Supremo Tribunal Federal) voltou a determinar que o processo fique em segredo de Justiça.
O caso envolve a denúncia que foi oferecida pela Procuradoria-Geral da República contra o senador em janeiro de 2013. No processo, a Procuradoria acusa o senador de falsificar documentos para justificar que pagou com recursos próprios, e não de um lobista da empreiteira Mendes Junior, uma pensão a uma filha que teve fora do casamento, além de acusa-lo de desvio de recursos na contratação
de uma empresa com recursos do Senado.
O escândalo à época provocou a renúncia de Renan da presidência do Senado, cargo que voltou a ocupar no ano passado. Só agora, três anos depois, o ministro do STF Luiz Edson Fachin liberou a denúncia para entrar na pauta de julgamento pelo plenário do STF. Procurado, o STF ainda se manifestou sobre a volta do sigilo.
Na denúncia, a Procuradoria disse que Renan não possuía recursos disponíveis para custear os valores repassados a jornalista Mônica Veloso entre janeiro de 2004 e dezembro de 2006, e que inseriu “informações diversas das que deveriam ser escritas sobre seus ganhos com atividade rural, com o fim de alterar a verdade sobre fato juridicamente relevante, qual seja, sua capacidade financeira”. (Folha)


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21