banner
publicidade
publicidade

Suzano Papel e Celulose promove curso de Mecânica Marítima para os pescadores da região de Mucuri e Nova Viçosa

Suzano Papel e Celulose promove curso de Mecânica Marítima para os pescadores da região de Mucuri e Nova Viçosa

O curso é patrocinado pela empresa e formará mão-de-obra especializada na manutenção dos principais sistemas de embarcações marítimas

 

Na manhã desta segunda-feira (6), teve início o curso de Mecânica Marítima, uma iniciativa da Suzano em parceria com o Senai de Itabatã (BA), para os pescadores da região.

 

O curso tem por objetivo formar mão-de-obra especializada na manutenção dos principais sistemas de embarcações marítimas, com motor convencional a gasolina e a diesel. Os pescadores poderão utilizar os conhecimentos adquiridos para realizar a manutenção mecânica dos barcos com motor convencional à gasolina e a diesel, mantendo-os em funcionamento, garantido o trabalho e o fornecimento de peixes e frutos do mar.

 

Para Lucas Dias da Conceição, 19 anos e pescador de Mucuri (BA), o curso é uma excelente oportunidade. “Sou pescador e meu pai também. Hoje, quando os nossos barcos quebram, a gente precisa pagar para consertar e depois desse curso, não vai precisar mais fazer isso”.

 

Wesley Betim Birindiba, pescador de Nova Viçosa(BA), cresceu vendo a sua família tirar o sustento do mar. “Sou filho, sobrinho e neto de pescadores e sempre vi a dificuldade que eles tinham para consertar os barcos”. Wesley, que já tem conhecimento em mecânica de automóvel, acredita que esta possa ser a oportunidade de se profissionalizar em outra área. “Quero trabalhar com isso quando terminar o curso”, comentou o jovem empolgado.

 

Para Jorge Birindiba, presidente da Colônia de pescadores de Nova Viçosa, o curso trará mais conhecimento e oportunidade. “Não temos profissionais qualificados para atuar na manutenção das nossas embarcações. Alguns sabem porque aprenderam no dia a dia, mas sem conhecimento teórico, o que, de vez em quando, nos causa prejuízo, pois nem todos conseguem fazer o conserto de forma correta”.

 

Já Wilson Conceição, presidente da colônia de pescadores de Mucuri, agradeceu pela parceria com a Suzano e reforçou a importância desse trabalho. “Demos um passo importante de muitos que ainda estão por vir”.

 

Para Fabrício José da Silva, gerente executivo industrial da Unidade Mucuri, o curso reforça o compromisso que a Suzano tem de patrocinar  iniciativas sustentáveis, que proporcionem o desenvolvimento da região, sempre respeitando as vocações. “Mucuri e Nova Viçosa são cidades costeiras e esta ação beneficiará direta e indiretamente todos os pescadores locais. O curso abre uma oportunidade de qualificação para as pessoas, pois existe a possibilidade de iniciar uma nova atividade de trabalho e, quem sabe até, transformá-los em pequenos empreendedores na atividade de manutenção de embarcações”. Fabricio ainda reforçou a necessidade do empenho dos alunos no sucesso do curso. “A porta foi aberta, mas é preciso que vocês façam seus papéis e estudem para que se tornem grandes profissionais. Acredito que exista mercado para isso, pois vejo muitos casos onde são solicitados profissionais de outras localidades para a realização de manutenções específicas e aqui vocês irão aprender como fazer tudo isso”.

 

Com 60 horas de aula teórica e 140 horas de aulas práticas, o curso terá uma grade ampla que irá abordar assuntos que vão desde manutenção preventiva, eletricidade básica, até educação ambiental, orientação profissional e gestão do trabalho. O curso é totalmente gratuito e os alunos ainda terão direito a uniforme, material didático e ferramentaria.

 

Sobre a Suzano Papel e Celulose

A Suzano Papel e Celulose é uma empresa de base florestal e uma das maiores produtoras verticalmente integradas da América Latina. Subsidiária da Suzano Holding e parte do Grupo Suzano, a empresa investe há 92 anos na indústria de papel e celulose e possui operações globais em aproximadamente 60 países. Atualmente, são cinco unidades industriais: Suzano, Rio Verde e Limeira, no estado de São Paulo, Mucuri, na Bahia, e Imperatriz, no Maranhão. Sua capacidade anual de produção é de 4,7 milhões de toneladas de papel e celulose. A empresa opera ainda na área de biotecnologia, por meio da FuturaGene, primeira empresa do mundo a obter aprovação para o uso comercial de eucalipto geneticamente modificado; celulose fluff, usada na produção de fraldas e absorventes higiênicos; lignina, um subproduto do processo de fabricação da celulose, e potencial substituto de derivados de petróleo em aplicações de alto valor; e tissue, como um parceiro industrial para a indústria de papel higiênico.

 


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21