banner
publicidade
publicidade

Temer diz que novo ministro da Justiça será “escolha pessoal”

O presidente Michel Temer afirmou nesta terça-feira (7/2) que o novo chefe do Ministério da Justiça — que substituirá Alexandre de Moraes, indicado para ocupar uma vaga de ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) — será uma “escolha pessoal”. A informação é do G1.

PMDB e PSDB disputam a vaga de ministro da Justiça. A influência tucana no governo cresceu após a posse do deputado Antonio Imbassahy (PSDB-BA) como chefe da Secretaria de Governo e de Luislinda Valois (PSDB-BA) para o Ministério dos Direitos Humanos. O PMDB, apesar de ser o partido de Temer, alega que perdeu espaço, embota tenha seis ministros enquanto o PSDB possui cinco.

Alexandre de Moraes também era filiado ao PSDB — ele pediu desfiliação nesta terça e se afastou do cargo de ministro da Justiça por 30 dias.

Para ser nomeado e empossado, o ministro da Justiça ainda terá de passar por uma sabatina na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado, e, caso aprovado, ter seu nome submetido ao plenário da Casa.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21