banner
publicidade
publicidade

Três Dias, Três Homicídios em Teixeira de Freitas

Três Dias, Três Homicídios, Com três Facadas, Assim Foi Morta a Ultima Vítima em Teixeira de Freitas

 Na noite desta sexta-feira, (03/05), por volta das 21:20hs, na Rua 02 de Maio no Bairro Tancredo Neves, foi morta a terceira vítima de Homicídio do mês de maio na Cidade de Teixeira de Freitas-BA.

A central da COPOM, do 13º Batalhão,  recebeu a informação que haveria ocorrido um homicídio no Bairro Tancredo Neves.Uma Viatura da 1ª CIA, e uma outra viatura da CETO, deslocaram-se para o local em tempo hábil,  foi quando os policiais encontraram a vítima já sem vida e a suspeita do crime já haveria se evadindo do local. Os policiais da CETO ainda fizeram rondas no Bairro tentando localiza a Homicida mais não foi encontrada.

Segundo informações colhidas no local, a vítima identificada como Maria Aparecida Ferreira da Silva, 26 anos de idade, estaria morando no Bairro Tancredo Neves há menos de um mês, e que ela seria usuária de Drogas.

Populares falaram que ouviram uma discussão entre duas mulheres. Momentos antes do homicídio, a vítima estaria em companhia de um travestir. A homicida, identificada apenas pelo o primeiro nome “Soraia”, usuária de drogas, iniciou uma discussão, acusando a vítima Maria Aparecida de ter batido no seu filho. Após silenciadas as discussões a homicida teria saído por um estante do local. O travestir que estaria em companhia da vítima, também saiu do local, ficando apenas a vítima que estaria com uma garrafa peti com cachaça, bebendo sozinha. A vítima foi surpreendida, quando à acusada “Soraia” retornou ao local e lhe desferiu três facadas, sendo duas nas costas e uma no peito do lado esquerdo, a vítima apresentava algumas marcas de arranhões no pescoço, mostrando assim, que agressora teria segurado com força pelo o pescoço.

Estiviveram no local para fazer o levantamento cadavérico, o delegado plantonista do SILC, Dr. Marco Antônio Neves, o Agente Jairo e o Escrivão Laercio, e os Peritos da Polícia Técnica, Dr. Marco Antônio Lima e Perito técnico Alexson, que realizaram a pericia no local, identificando que a vitima foi perfurada possivelmente com uma faca pequena, apesar de que as perfurações não serem tão profundas, elas atingiram pontos vitais, levando a vítima a uma provável hemorragia interna.

O corpo de Maria Aparecida foi removido para o IML, para fazer a necropsia, e que será liberando posteriormente para os familiares.

O delegado Dr. Marco Antônio Neves instaurou inquérito, e com as informações colhidas no local, e já tendo uma linha de investigação, passará tentar localizar e prender à acusada para concluir o inquérito, já que a mesma já foi identificada, faltando assim fazer só a conclusão do inquérito.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21