banner
publicidade
publicidade

Unidade de Pronto Atendimento (UPA) é fechada por falta de pagamento dos funcionários

Unidade de Pronto Atendimento (UPA) é fechada por falta de pagamento dos funcionários

por Teixeira Notícias

 

Herança maldita da administração Jonga Amaral (PCdoB) em Prado, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA-24h) acaba de ser fechada por tempo indeterminado. A decisão foi comunicada ao Ministério Público e à Secretaria Municipal de Saúde no início desta semana.

Os motivos para o fechamento da UPA são convincentes: a falta de pagamento dos profissionais que atuavam na unidade. Tida como de urgência e emergência, ela só estava disponibilizando serviço de enfermagem.

“Não tem como trabalhar sem médico, principalmente agora na alta temporada, quando pode chegar uma pessoa acidentada. Como tratar de um trauma se o enfermeiro não pode medicar um paciente sem a prescrição de um médico? Estamos fechando justamente para prevenir esses acontecimentos e não expor a equipe de enfermagem”, disse a coordenadora Nívia Mansur.

Segundo a coordenadora, os funcionários da UPA receberam seus salários apenas no último mês de setembro e estão sem receber os meses de outubro, novembro e dezembro.

Nívia Mansur lamentou o fechamento da unidade de saúde, uma vez que acaba de começar o período da alta temporada, quando a cidade recebe milhares de turistas. Convém ressaltar, no entanto, que a unidade ainda não recebeu nenhum recurso do governo federal para ajudar na manutenção dela. O município vinha arcando sozinho com R$ 180 mil só com a folha de pagamento.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21