banner
publicidade
publicidade

Vasco 2 x 0 Libertad

Não foi de uniforme preto como a torcida queria, mas de azul, o Vasco venceu o Libertad por 2 a 0 no estádio de São Januário uma semana após os jogadores do clube brasileiro reclamarem de um possível racismo dos torcedores paraguaios na partida realizada no Paraguai. Juninho entrou na segunda etapa e foi um dos principais nomes do confronto. Se no primeiro tempo o time carioca foi apático, na volta do intervalo,  a equipe teve uma grande atuação e venceu os paraguaios com gols do Reizinho e de Alecsandro. Com o resultado, o Gigante da Colina ficou na segunda posição do Grupo 5 da Taça Libertadores da América com os mesmos sete pontos do rival desta quarta, faltando duas rodadas para o fim da primeira fase.

Vasco cria poucas chances de gol

O jogo entre o Vasco e o Libertad começou equilibrado, mas com os paraguaios criando as melhores chances de gol. O primeiro grande lance do duelo foi aos oito minutos com Civelli. O meia recebeu lançamento na área, mas na hora da finalização foi bloqueado pela zaga vascaína. Aos 20, o apoiador teve outra oportunidade para abrir o placar. Ele arrancou pela esquerda, invadiu a área e bateu pela linha de fundo.

Civelli estava disposto a mexer no marcador. O camisa 13 passou a bola entre as pernas de Rômulo, entrou na área e chutou cruzado para fora aos 28 minutos. Sem criatividade no meio, o Cruzmaltino não conseguia se infiltrar no campo adversário, e desta forma, seu ataque não assustava a equipe do Paraguai.

Nos minutos finais da etapa, o Gigante da Colina exerceu uma pressão para cima do clube alvinegro.  Aos 39, Thiago Feltri fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Alecsandro tentar de cabeça, mas a redonda sobrou para Fagner, que mandou uma bomba da entrada da área, a bola desviou na zaga e saiu pela linha de fundo. Porém, os mandantes não tiveram sucesso e foram para o intervalo com o empate no placar.

Vasco volta com Reizinho e consegue grande resultado

O segundo tempo iniciou com o Vasco tomando a iniciativa que faltou na primeira etapa. O técnico Cristóvão Borges voltou com Juninho Pernambucano no lugar de Eder Luis. Logo no primeiro minuto, a equipe de São Januário apareceu no ataque. Felipe tocou para Thiago Feltri, que cruzou e Barbiou desviou para fora.  Aos três, Fagner levantou na medida para Alecsandro cabecear com muito perigo pela rede do lado de fora.

A pressão era enorme. Dois minutos depois, Barbio tocou para o camisa 9, que finalizou e goleiro paraguaio espalmou. Em seguida, Allan recebeu pela direita e bateu cruzado para Barbio, porém a zaga mandou para escanteio. Na cobrança, Juninho recebeu a bola e finalizou, de longe, pelo lado esquerdo, no ângulo do arqueiro para fazer 1 a 0 para o Cruzmaltino aos oito minutos.

Aos 14, o Reizinho cruzou para Bárbio cabecear para fora. Em seguida, o Libertad teve a primeira chance na etapa. Menéndez finalizou da intermediária para defesa em dois tempos de Ferando Prass. Mas o Gigante da Colina não desperdiçou e ampliou a vantagem para 2 a 0 com Alecsandro aos 16 minutos. Allan arrancou pela direita, invadiu a área e cruzou rasteiro para o centroavante mandar para o fundo da rede.

O Vasco então foi em busca do terceiro gol para assumir a liderança da chave. Aos 34, Fellipe Bastos mandou um chute de longe e a bola passou rente à trave. Três minutos depois, o Cruzmaltino armou um rápido contra-ataque. Fagner fez tabela com Alecsandro, mas o lateral finalizou nas mãos do goleiro. Aos 41, quase os visitantes diminuíram o placar, porém Velázquez não aproveitou. E por muito pouco, Barbio não marca o gol que deixaria o Gigante da Colina na ponta da tabela. Ele arrancou pela esquerda, invadiu a área e bateu para fora aos 45 minutos.

– Vídeo: os gols do jogo

Ficha Técnica:

Vasco 2 x 0 Libertad

Local: Estádio de São Januário, no Rio de Janiero
Data: 21/03/2012
Horário: 22h
Árbitro: Wilmar Roldán (COL)
Auxiliares: Wilmar Navarro (COL) e Alexander Guzman (COL)
Cartões Amarelos: Thiago Feltri (Vasco); Civelli, Menéndez e Benegas (Libertad)

Gols: Juninho 8/2°T (Vasco) e Alecsandro 16/2°T (Vasco)

Vasco: Fernando Prass, Fagner, Dedé, Renato Silva e Thiago Feltri; Eduardo Costa , Rômulo e Felipe (Fellipe Bastos); Willian Barbio, Eder Luis (Juninho Pernambucano) e Alecsandro.

Libertad: Muñoz, Bonet, Bizera, Benegas e Samudio; Ayala, Aquino, Cáceres e Civelli; Gamarra e Menéndez.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21