banner
publicidade
publicidade

Vasco vence Alianza de virada

O Vasco mostrou nesta terça-feira o motivo que o fez ficar conhecido como o time da virada. A equipe venceu em casa o Alianza Lima por 3 a 2 com gols de Ramos (contra), Dedé e Juninho, pela segunda rodada da Taça Libertadores da América. Porém, o que mais chamou a atenção na partida foi a noite estranha do atacante Alecsandro. O jogador teve dois gols anulados e ainda perdeu dois pênaltis.

Com o resultado, o Cruzmaltino chegou a vice-liderança do Grupo 5  com três pontos. A equipe tem a mesma pontuação e saldo de gols que o Nacional-URU, só que fez mais gols: 4 ontra 3. O líder da chave é o Libertad que tem seis pontos.

Vasco sai perdendo com falha de Rodolfo, mas consegue o empate

O Vasco iniciou o jogo partindo para cima do Alianza. Porém, apesar da posse da bola a equipe carioca não conseguia criar nenhum lance de perigo para os visitantes por conta do nervosismo dos jogadores. A primeira boa oportunidade dos donos da casa aconteceu aos 12 minutos. Wiliam Bario apareceu livre pela direita e chutou cruzado para fora. Alecsandro ainda tentou alcançar a bola com um carrinho, mas não teve sucesso.

Porém, o time peruano que saiu na frente do placar. Aos 16 minutos, Jonathan Chaquero recebeu lindo lançamento, aproveitou falha de Rodolfo (mais uma no ano), invadiu a área e mandou para o fundo da rede: 1 a 0. Só que três minutos depois, o Cruzmaltino foi recompensado.  Diego Souza fez bela jogada, tocou para Barbio, que cruzou, e antes da redonda chegar a Alecsandro, o zagueiro Ramos jogou contra o próprio gol e empatou o confronto em 1 a 1.

O Gigante da Colina se animou e passou a pressionar ainda mais o rival. Aos 23, Diego Souza cruzou para Alecsandro, que cabeceou para o gol. Mas a arbitragem estava atenta e marcou o impedimento do atacante. O nervosismo voltou a atrapalhar os mandantes, que erravam muitos passes e deixavam espaço para o clube visitante. O Vasco chegou forte ao ataque novamente aos 37 minutos. Wiliam Barbio saiu driblando até ser derrubado perto da área. Só que Juninho isolou a bola na cobrança de falta.

Quatro minutos depois, por muito pouco o time de São Januário virou o marcador. Dedé recebeu na área e cruzou para Alecsandro tentar de letra e desperdiçar grande chance. Aos 43, o Reizinho teve outra falta para cobrar, porém mais uma vez mandou longe da meta. Desta forma, o duelo foi para o intervalo empatado.

Alecsandro perde dois pênaltis

O Vasco começou o segundo tempo disposto a conquistar os três pontos. E logo aos dois minutos, a equipe teve uma grande oportunidade de virar o confronto.  Juninho tocou para Barbio, que cruzou para área e goleiro rebateu a bola nas mãos do zagueiro Carmona. O árbitro marcou pênalti e ainda expulsou o jogador visitante. Mas na cobrança, Alecsandro mandou a redonda no travessão.

Com um atleta a mais em campo, o Cruzmaltino continuou em cima do adversário. Aos onze, Juninho bateu falta com perfeição, porém a bola foi no travessão. Só que aos 14 minutos, depois de muita pressão, a equipe de São Januário conseguiu a virada. Fagner cobrou escanteio e Dedé cabeceou para o fundo da rede: 2 a 1.  Aos 16, Alecasandro recebeu cruzamento de Diego Souza e também cabeceou para o gol, porém a arbitragem marcou o impedimento.

Apesar da boa atuação do time vascaíno, a noite não era de Alecsandro. Aos 22 minutos, Fagner sofreu pênalti, mas o camisa 9 foi para cobrança e mais uma vez perdeu. Desta vez, o goleiro rival defendeu a redonda que ainda chegou a tocar na trave. O Gigante da Colina não se abateu e ainda teve tempo de ter outro pênalti no duelo.  Felipe cobrou escanteio, Nilton caiu na área e a arbitragem marcou. Porém, Alecsandro não teve mais uma chance. Juninho pegou a bola, bateu e fez 3 a 1 para o time de São Januário aos 35 minutos. Cinco minutos depois, os peruanos diminuíram o placar para 3 a 2 com gol de Ibañes. Sem tempo para mais nada, o Cruzmaltino conseguiu sua primeira vitória na Libertadores 2012.

 

Ficha Técnica:

Vasco x Alianza Lima (PER)

Local: São Januário
Data: 06/03/2012
Horário: 21h45
Árbitro: Diego Abal (ARG)

Auxiliares: Diego Bonfa e Juan Pablo Belatti (ARG)
Cartões Amarelos:

Gols: Jonathan Charquero 16/1°T (Alianza), Ramos (Contra para o Vasco) 19/1°T, Dedé 14/2°T (Vasco), Juninho 35/2°T (Vasco), Ibañes 40/2°T (Alianza).
Vasco: Fernando Prass, Fagner, Dedé, Rodolfo (Douglas) e Thiago Feltri; Nilton, Eduardo Costa (Felipe), Juninho Pernambucano e Diego Souza; Wiliam Barbio e Alecsandro. Técnico: Cristóvão Borges.

Alianza Lima (PER): Libran, Carmona, Ibánez, Ramos e Corrales; Alborracín, González, Bazán (Villamarín), Hurtado e Montaño (Fernández); Jonathan Charquero (Waldhir Arroe). Técnico: José Soto.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21