banner
publicidade
publicidade

Vasco vence Flu de virada por 2 a 1

O Vasco venceu o Fluminense neste domingo, de virada, por 2 a 1 no Engenhão, pelo Grupo B da Taça Guanabara. Alecsandro marcou os dois gols cruzmaltinos, enquanto Thiago Neves fez o seu primeiro gol com a camisa tricolor em 2012. Com o resultado, o time vascaíno está com 15 pontos e lidera a chave, com a classificação para as semifinais matematicamente garantida. O Tricolor está em quinto, com sete pontos.


Thiago Neves, o certeiro

O jogo começou disputado ao máximo, pois antes mesmo do primeiro minuto, Bernardo (colocado entre os titulares na última hora, junto com Chaparro) chutou à distância para defesa imediata de Diego Cavalieri. Na sequência, Thiago Neves respondeu à “gentileza” arriscando também à distância. Na sequência, o Fluminense surpreendeu o Vasco no toque rápido: aos seis minutos, Deco tabelou com Thiago Neves e o meia chutou sem chances para Fernando Prass, marcando o primeiro gol em sua nova passagem pelo Tricolor.

O Vasco quis mostrar que não se abalou e também apostava na velocidade. Era tanta rapidez que descambava para a afobação, a ponto dos jogadores errarem cruzamentos. Fred reclamava muito da arbitragem. Aos 24, Felipe quase pegou Cavalieri no contra-pé com um toque sutil, mas o goleiro tricolor estava esperto. Três minutos depois, foi a vez de Fernando Prass agir em uma finalização de Rafael Sobis.

A defesa vascaína quase sofreu um baque aos 34, após boa jogada entre Fred, Thiago Neves e Deco, que dominou no peito e finalizou com vontade, mas Prass protegeu o patrimônio. Para coroar a noite, a chuva começou a cair no Engenhão.

Alecsandro, o oportunista

O mesmo clima disputado do primeiro tempo continuou na etapa complementar. William Barbio, que entrou no lugar de Chaparro no Vasco, queria mostrar serviço. Os tricolores tentavam aproveitar um calcanhar de aquiles no Vasco: Dedé estava com cartão amarelo e a intenção era provocar uma possível expulsão. Mas o time de Cristóvão Borges partiram para o ataque de vez e conseguiram o empate aos 14 minutos, com Alecsandro marcando o gol após cruzamento de Fagner e desatenção da zaga do Flu.

Aos 18, Wellington Nem entrou no lugar de Rafael Sobis. O clássico ganhou contornos de drama aos 22, quando Diego Cavalieri, milagrosamente, impediu o segundo gol de Alecsandro praticamente feito. Na sequência, Deco foi substituído por Wagner e não gostou nada de deixar o jogo. O Vasco pressionava, querendo fazer jus à fama de ser o time da virada. E conseguiu aos 33, quando Bernardo cobrou escanteio e Alecsandro, oportunista, cabeceou e deixou DC na saudade.

A arbitragem cometia erros crassos: deixou de marcar um escanteio claro após a bola ter tocado em Fagner. O Fluminense perdeu o controle emocional: em dois minutos, recebeu dois amarelos (Fred e Wellington Nem) e um vermelho (Edinho). E Fred ainda foi expulso na sequência, após fazer falta em Fagner. Nos acréscimos, os torcedores vascaínos cantavam “olé” a cada toque.

Vasco presta homenagem a Wendel

Os jogadores vascaínos usaram uma fita preta no uniforme, em homenagem a Wendel Júnior, jovem que morreu durante a semana após passar mal em um treinamento da equipe sub-15, no CT de Itaguaí. A polícia ainda está investigando o caso.

Veja também

– Abel lamenta arbitragem

– Cristóvão destaca atuação de Alecsandro

Ficha técnica

Vasco 2 x 1 Fluminense

Local: Engenhão, Rio de Janeiro

Data: 12/2/2012

Árbitro: Antonio Frederico de Carvalho Schneider
Assistentes: Rodrigo Pereira Joia e Rodrigo Figueiredo Henrique Correa

Renda e público: R$ 250.815,00 / 7.622 pagantes

Cartões amarelos: Diguinho, Bruno, Leandro Euzébio, Edinho, Carlinhos, Rafael Moura, Fred, Wellington Nem, Dedé, Felipe e Nilton

Cartões vermelhos: Edinho e Fred
Gols: Thiago Neves 6’/1ºT (0-1); Alecsandro 14’/2ºT (1-1), Alecsandro 33’/2ºT (2-1)

Vasco: Fernando Prass, Fagner, Dedé, Rodolfo e Thiago Feltri; Nilton, Chaparro (Willian Barbio), Felipe e Bernardo (Felipe Bastos); Diego Souza (Eduardo Costa) e Alecsandro. Técnico: Cristovão Borges.

Fluminense: Diego Cavalieri, Bruno, Leandro Euzébio, Anderson e Carlinhos; Edinho, Diguinho (Rafael Moura) , Deco (Wágner), Thiago Neves e Rafael Sóbis (Wellington Nem); Fred. Técnico: Abel Braga.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21