banner
publicidade
publicidade

Vice-prefeito diz que vereador recebe propina e políticos saem na mão em Itapebi

O vereador Leo de Noeme (PSB) e o vice-prefeito Gunga (PRB) protagonizaram uma discussão na Câmara Municipal, com palavrões, acusações, dedos em riste e até empurrão. O motivo da briga foi o descontentamento com os rumos da CPI contra o gestor e uma possível entrevista que o vice-prefeito daria a sites e a radio local.

Conforme entrevista ao site Itapebi Acontece, o vereador Leonardo Ribeiro dos Santos, eleito e conhecido como Leo de Noeme, alegou que a discussão iniciou ainda no interior da Câmara quando o vice-prefeito falou que os vereadores  eram ladrões e iria conceder entrevistas aos sites e rádio informando isso, pois ele teria gravações e vídeos do vereador Leo de Noeme recebendo propinas.

Ainda de acordo com o edil, o vice Gunga foi aconselhado por uma pessoa presente a não dar essa entrevista. Conforme o vereador, ele estando perto disse: “Gunga você não vai dar a entrevista sobre os vereadores ladrões e afirmando que me viu recebendo propinas?”, questionou.

“Foi quando ele colocou a mão em meu peito e o dedo em minha cara, eu pedi por mais de uma vez que tirasse a mão do meu rosto. Eu percebendo que ele estava alterado e que havia nele sinais de embriaguez, eu levemente o empurrei ele veio a tropeçar numa cadeira e caiu no chão”, afirmou Leo de Noeme.

Fonte: Itapebi Acontece


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21