banner
publicidade
publicidade

Vitima é amarrada, amordaçada e morta

O crime aconteceu numa estrada vicinal às margens da rodovia BR-101, proximidades de uma localidade conhecida como Parada do Pedrão, na saída de Teixeira de Freitas rumo ao estado do Espírito Santo. A vítima, aparentando cerca de 25 anos de idade, foi encontrada com as mãos e pés amarrados e amordaçada com uma camiseta.

Segundo o delegado Júlio César Telles, de plantão neste domingo (28) na 8ª Coorpin de Teixeira de Freitas, possivelmente os assassinos tentaram “arrancar” alguma confissão da vítima e depois, resolveram executá-la. Junto ao corpo não foi encontrado nenhum documento de identificação, procedimento que só que deve acontecer nesta segunda-feira (29).

O perito criminal Manuel Gomes Garrido, do Departamento de Polícia Técnica de Teixeira de Freitas (DPT) e responsável pela perícia no local do crime, relatou que o rapaz foi morto com dois disparos de arma de fogo, sendo um no pescoço e o outro na cabeça. A atitude de executar as pessoas e ainda deixá-las amarradas, é considerada pelos profissionais especializados em segurança pública, como uma atitude ousada e até uma forma de desafiar as autoridades.

Um inquérito policial já foi instaurado e tenta agora identificar os assassinos, já que somente uma pessoa dificilmente adotaria a medida de amarrar e amordaçar antes de executar a vítima, bem como a motivação para o homicídio.

Fonte teixeiranews


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21