banner
publicidade
publicidade

Voluntários da Fibria e de empresas parceiras ajudam lar de idosos em Caravelas (BA)

 

Voluntários da Fibria e de empresas parceiras ajudam lar de idosos em Caravelas (BA)

 

Capela ecumênica está em construção na Associação Educadora Mãe Nina graças a doações de empregados, prestadores de serviço e da comunidade

 

 

Um grupo de voluntários da Fibria e de empresas prestadores parceiras do Terminal Marítimo de Caravelas se mobilizou para construir uma capela ecumênica para a Associação Educadora Mãe Nina, em Caravelas (BA), como forma de assegurar um espaço mais apropriado para os 18 idosos que residem no local realizarem suas cerimônias religiosas. Para concretizar o projeto, foram recolhidas doações de materiais de construção na comunidade e arrecadados recursos financeiros que serão investidos na obra, com previsão de entrega até o final deste ano.

 

O idealizador do projeto é o operador de logística da Fibria, Paulo Cesar Ferreira Sousa, que há seis anos contribui com a doação de cestas básicas para a instituição. “Percebia que os idosos não tinham um espaço adequado para suas celebrações religiosas. Cotamos o material necessário à construção da capela e dividimos os custos entre os empregados do setor em que trabalho, na sala de controle de madeira do Terminal Marítimo de Caravelas. Cada um contribuiu com uma parte”, disse Paulo.

 

Além do dinheiro arrecadado entre os colegas de trabalho, moradores da cidade também contribuíram com a doação de materiais como areia, brita e cimento. A obra está em andamento desde setembro do ano passado graças ao trabalho dos voluntários, por meio de um mutirão que ocorre todos os sábados.

 

Atualmente, a edificação está em fase de reboco e o objetivo é inaugurá-la antes do Natal. Todo o material usado até o momento foi doado pela comunidade. O recurso financeiro doado pelos empregados e prestadores de serviços da Fibria será utilizado na compra de materiais como telhado, esquadrias de alumínio, forro e piso. “Vou continuar pedindo ajuda à comunidade e, caso consiga esses materiais, doaremos o dinheiro, cerca de R$ 4 mil, para compra de alimentos para os idosos que residem no local”, completa Paulo.

 

A presidente da Associação Educadora Mãe Nina, Rosilei Gretter Lopes, destaca que a iniciativa dos voluntários é de grande importância para o lar dos idosos. “Era uma angústia não ter um local adequado para as celebrações religiosas. Agora todos estamos felizes com essa obra”, disse.

 

Sobre a Fibria – Líder mundial na produção de celulose de eucalipto, a Fibria possui capacidade produtiva de 5,3 milhões de toneladas anuais de celulose, com fábricas situadas em Três Lagoas (MS), Aracruz (ES), Jacareí (SP) e Eunápolis (BA), esta última onde mantém a Veracel em joint operation com a Stora Enso. Em sociedade com a Cenibra, opera o único porto brasileiro especializado em embarque de celulose, Portocel (Aracruz, ES). Com uma operação integralmente baseada em plantios florestais renováveis, a Fibria trabalha com uma base florestal própria de 970 mil hectares em áreas localizadas nos Estados de São Paulo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul e Bahia, dos quais 343 mil são destinados à conservação ambiental. A Fibria mantém cerca de 18.900 trabalhadores, entre empregados diretos e indiretos, e está presente em 254 municípios de sete Estados brasileiros. Para mais informações, acesse www.fibria.com.br.

 

 


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21