banner
publicidade
publicidade

Wagner: ‘Delatores estão na Suíça passeando de esqui’

Foto: Rodrigo Aguiar
Foto: Rodrigo Aguiar

 

O secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Jaques Wagner (PT), voltou a minimizar nesta segunda-feira (26) o peso das declarações de delatores no âmbito da Operação Lava Jato.

Questionado em entrevista coletiva que convocou para se explicar nesta tarde, Wagner disse que os delatores se preocupam apenas em reduzir suas penas, “sem compromisso com a verdade” quando depõem.

“Os delatores seguramente querem se livrar de sua pena. Alguns já estão na Suíça passeando de esqui. Então eles falam o que quiserem. De onde foram tirados os 82 milhões de reais? Eu acho um absurdo e vou repetir: só serve para manchete de jornal”.

Na manhã desta segunda-feira a Polícia Federal deflagrou a Operação Cartão Vermelho (mais um desdobramento da Lava Jato) para apurar suposto recebimento de propina de R$ 82 milhões por parte de Jaques Wagner provenientes da Odebrecht, de acordo com delação do ex-diretor da construtora Cláudio Melo Filho.

Além de Wagner, o secretário Bruno Dauster (Casa Civil) também é alvo das investigações por ser funcionário da OAS na época da formação do consórcio que construiu a Arena Fonte Nova, cuja delação aponta superfaturamento das obras.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21