banner
publicidade
publicidade

Wagner diz que Arena Fonte Nova vai estimular o turismo e o lazer na Bahia

Wagner diz que Arena Fonte Nova vai estimular o turismo e o lazer na Bahia

 

O pioneirismo da tecnologia utilizada na colocação da cobertura da Arena Fonte Nova, pela primeira vez no Brasil, e a importância do equipamento, multiuso, no estímulo ao turismo e ao lazer na Bahia são os destaques do programa de rádio Conversa com o Governador desta semana. Nesta edição, Jaques Wagner também fala sobre a reunião do Conselho deliberativo da Sudene, em Salvador, com a presença da presidente Dilma Rousseff, da inauguração da Adutora do Algodão e das negociações dos governadores com o ministro da Fazenda, Guido Mantega, em torno da alíquota do Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS).

Sábado passado (10), o governador esteve na Arena Fonte Nova para acompanhar a última etapa da colocação do suporte para a cobertura e se disse orgulhoso da decisão tomada “lá atrás”, de reconstruir o estádio. “Estamos na reta final. (…) e eu tenho uma expectativa muito positiva que a nova Fonte Nova vai ser um grande estádio para futebol, mas será também uma grande arena multiuso para grandes espetáculos, para grandes convenções aqui no nosso Estado”, afirma, sem deixar de lembrar a Copa das Confederações FIFA Brasil 2013 e a Copa do Mundo FIFA Brasil 2014.

O governador iniciou a semana em São Paulo, em uma palestra para empresários, a convite da Associação Comercial, e fala do orgulho de apresentar todo potencial baiano, “da nossa gente, da nossa estrutura industrial, da nossa estrutura agroindustrial também, agropecuária”. Segundo ele, a palestra foi exatamente para atrair mais investidores paulistas, mais empresas, mais empresários que queiram vir lançar as suas empresas, gerar mais emprego, gerar mais riqueza no Estado da Bahia.

Sexta-feira passada (9), a Bahia recebeu a visita da presidenta Dilma e mais governadores e vice-governadores de todos os Estados do Nordeste e de Minas Gerais e Espírito Santo, que participam da Sudene, um momento que o governador considera “extremamente importante” e que começou de manhã, no sudoeste da Bahia, com a inauguração da primeira etapa da Adutora do Algodão, que está levando água do São Francisco pra o Vale do Iuiú, Guanambi, Malhada, várias cidades e vários distritos. Uma obra de R$140 milhões, que vai beneficiar cerca de 140 mil pessoas. No mesmo dia foi assinada a extensão da rede para Caetité e Lagoa Real, mais R$50 milhões de obras e mais 50 mil pessoas beneficiadas. Para o governador, a Adutora do Algodão “tira Guanambi e outras cidades da preocupação com a (oferta de) água por 20, 30 anos”.

À tarde, a presidente fez uma reunião de trabalho, com vários Ministérios representados, o Banco do Nordeste, o BNDES e o Banco do Brasil, para discutir com os governadores a questão da seca. “A presidenta Dilma se abraçou com o Nordeste, abraçou o povo sertanejo da Bahia e do Nordeste, tem ações concretas para o enfrentamento do flagelo da seca e eu lhe digo que, com muito orgulho, foi Salvador que recebeu essa reunião da Sudene”, festeja o governador. Ele ressalta a sua participação no lançamento, terça-feira (13), em Brasília, do Plano Nacional da Irrigação, muito importante para o Nordeste. “Aqui na Bahia nós temos o Projeto Salitre e o Baixio de Irecê, onde a gente vai gerar riqueza, gerar emprego e gerar sobrevivência para nossa gente”, observa.

Sobre a Reforma Tributária, o governador diz que o Brasil tem um sistema tributário muito complexo, que acaba demandando muitas questões no Judiciário e o primeiro diálogo do ministro Mantega é no sentido de unificar as alíquotas. “A minha posição é que o Nordeste tem que continuar a ser privilegiado, mais do que São Paulo e Rio (de Janeiro), porque lá nós temos mais desenvolvimento do que aqui e, portanto, eu defendi essa posição em nome dos governadores do Nordeste”, define. Ele espera que seja criado um Fundo de Desenvolvimento Regional, para alavancar o desenvolvimento do Nordeste, e um Fundo de Compensação, para os governos estaduais que perderem com a reforma não terem dificuldade de gestão.

O programa Conversa com o Governador é produzido pela Secretaria de Comunicação Social do Estado da Bahia (Secom), veiculado toda terça-feira, às 7h30, pela Rádio Educadora FM 107,5 MHz e reproduzido por vários veículos de comunicação, além de ficar disponível na páginawww.comunicação.ba.gov.br/conversa, telefone 0800-071-7328.


Comentários



radio
radio destaque
Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21