banner
as
publicidade
publicidade

Até o final de 2023, 1.185 emissoras de rádio AM já migraram para a faixa FM

 O Ministério das Comunicações (MCom) concluiu o balanço de migração de emissoras de rádio AM que operam em Ondas Médias (OM) para a faixa de FM (frequência modulada) desde o início da migração até 31 de dezembro de 2023. Ao todo, 1.185 rádios já efetuaram essa mudança, processo que teve início em 2013, com a publicação do decreto presidencial nº 8.139.

“Essa medida atende a uma demanda antiga do setor que sofre com a perda de sua audiência, pelo fato desse serviço ser mais suscetível a ruídos e interferência. As emissoras que migraram terão aumento na qualidade da transmissão e a população será beneficiada com mais acesso à informação”, explica o ministro das Comunicações, Juscelino Filho.

O secretário de Comunicação Social Eletrônica do MCom, Wilson Wellisch, acrescenta que nem todas as rádios AM são obrigadas a mudar de frequência, apenas as de caráter local, que deixarão de existir. “Caso essas rádios não queiram migrar para FM, elas serão automaticamente direcionadas para rádio AM regional, permanecendo com suas outorgas, mas com algumas características diferentes, como a potência da transmissão”, explica o secretário.

Atualmente, o MCom registra 28 pedidos de migração em análise e 46 já em fase de aprovação . O prazo para a execução do serviço das rádios AM locais se encerrou no dia 31 de dezembro de 2023. Já as rádios AM de alcance regional e nacional podem continuar operando normalmente. Caso queiram mudar de frequência, contam com a possibilidade de efetuar essa mudança posteriormente.

Por: Ministério das Comunicações (MCom)


Comentários



Fale conosco
TEIXEIRA VERDADE
CNPJ:14.898.996/001-09
E-mail - teixeiraverdade@gmail.com
Tel: 73 8824-2333 / 9126-9868 PLUG21